Für Praktiker und Liebhaber von Okinawa Goju Ryu Karate

 

Kampf wie ein Mädchen!

Posted por ein 22/02/2012 in Karate | 0 Kommentare

Luta como uma miúda!

Kampf wie ein Mädchen!“…

Wer hat nicht schon diesen Ausdruck hörte?

Es wird normalerweise in abschätzigen Ton verwendet,aber vor einiger Zeit fühlte er sich überwinden, die komplexe, diesen Satz zu hören.
Immerhin, Ich bin ein Mädchen!… Lute als normale E uma! Dies bedeutet nicht, es ist harmlos! ;)

Es gibt Unterschiede zwischen den Kampfkünsten, ob gleichgeschlechtliche oder anderen Geschlechts.
Die Techniken, die gelehrt sind die gleichen, aber, im Laufe der Zeit, o praticante aprende a adaptar as ferramentas de que dispõe e transformar a diferença em vantagem:
se não és mais forte, podes ser mais rápida, um pontapé baixo magoa tal como um pontapé alto.
É tudo uma questão de adaptação!

Hoje em dia, vivemos numa sociedade onde facilmente somos vítimas de violência, e nada é mais prejudicial para as mulheres do que a ideia de que são o sexo frágil, com pouca ou nenhuma capacidade de defesa. É altura de romper com essa imagem e passar a ter orgulho de lutar como uma miúda!

Lori Hartman Gervasi é cinturão negro de Karate e autora do livro: “Fight Like a Girl…and Win: Defense Decisions for Women“.
As seguintes dicas são retiradas do seu livro:

Dá-te permissão.
Permite-te usar a auto-defesa em qualquer atacante, mesmo que essa pessoa acabe por ser um conhecido, amigo, parente ou colega de trabalho.

Estudar o inimigo.
Aprende tudo o que puderes sobre os criminosos de hojequem são, como e onde atacam, e o que eles estão dispostos a fazer às suas vítimas. Esse conhecimento ajuda-te a prevenir situações de risco.

Tu és a tua própria guarda pessoal.
O teu marido, namorado ou a polícia pode não estar por perto para ajudar-tedecide confiar em ti mesma.

Confiar e agir de acordo com tua intuição e instintos.
Os teus instintos são inúteis se os ignoras, pelo que é preferível agir quando sentimos um potencial perigo.

Reagir e afastar-se do perigo.
Nãocongelarem situação de perigo. Em vez disso, quebrar o medo com mobilidade instantânea. Corre tão longe e tão rápido quanto puderes.

Toma decisões de auto-defesa.
Reforçar as medidas de segurança, fazendo suas todas as tuas escolhas pessoais de segurança agora, antes que seja necessário.

 

São boas dicas, mas difíceis de colocar em prática sem preparação. Já diz o velho ditadoAntes prevenir que remediar.

Por isso aconselho todas as mulheres a aprenderem algumas técnicas de defesa pessoal, a estarem atentas ao meio que as rodeia e a desenvolverem a preparação mental necessária para poderem reagir em caso de perigo.

Um ambiente seguro onde são simuladas situações de perigo é o ideal para conseguir essa preparação e tornar instintiva a reacção de defender-se e fugir. A surpresa de ser confrontados com uma situação de violência faz-nos muitas vezes perder um tempo precioso que poderíamos usar para nospôr a milhas”.

Be strong and be safe!” (Sê forte e fica em segurança!) ;)


Lassen Sie Ihren Kommentar hier ein

Die E-Mail-Adresse wird nicht veröffentlicht. Erforderliche Felder mit *

*